A dança enquanto exercício físico

terça-feira, outubro 21, 2014 Sílvia Oliveira 0 Comentários

|

A dança enquanto exercício físico
Olhem este artigo (já antigo) que encontrei numa das brochuras do Pingo Doce:

" Dançar... uma simples diversão ou um saudável exercício?

No dia 29 de Abril celebra-se o Dia Internacional da Dança, graças ao nascimento do coreográfo Jean-Georges Noverre (1727-1810), criador do ballet moderno e grande impulsionador desta modalidade. De entre as várias formas de praticar exercício físico, a dança destaca-se como uma modalidade bastante saudável e divertida... Independentemente da idade, condição física ou parceiro, que apesar de desejável não é indispensável!
A dança é, ainda, um excelente aliado para se manter em forma... Dançar apenas 10 minutos gasta em média mais calorias do que se caminhar em ritmo acelerado, passear de bicicleta ou mesmo praticar hidroginástica. Por exemplo, sabia que 10 minutos de danças de salão gastam cerca de 60 calorias, o equivalente a 2 quadrados de chocolate (10g)?
Existe uma grande variedade de estilos como o Hip Hop, Salsa, Dança do ventre, Danças de salão, Dança africana, Flamengo... Para todos os gostos e feitios! E se não tem companhia, aventure-se... Dançar é também uma excelente forma de fazer amigos!

Alguns estudos evidenciam os benefícios da dança para as crianças, nomeadamente no desenvolvimento físico e intelectual. É uma forma dos mais novos desenvolverem o gosto pelas actividades lúdicas, como forma de se expressarem e libertarem energia. Para os mais vividos, a dança é uma forma de convívio, que ajuda a fortalecer amizades e consequentemente diminuir angústias.

De uma forma geral, dançar faz bem ao corpor e à mente! Tem benefícios para a saúde, sobretudo a nível cardiovascular e pulmonar, e contribui também para manter a boa forma física através do controlo do peso e tonificação muscular. Por outro lado aumenta a boa disposição, através da libertação de substâncias (endorfinas) que estão relacionadas com sensações de prazer e euforia."

0 Comentários